quarta-feira, 5 de maio de 2010

SE NÃO EXISTISSE O AMOR...

ESSA DOR É SÓ MINHA
NÃO A REPARTIREI
COM MAIS NINGUÉM
ESSE CANTO É SÓ MEU
LEVAREI PELAS ESTRADAS
ONDE A PASSARADA
ME AJUDARÃO A CANTAR
ESSA ALEGRIA É NOSSA
PORQUE NOS CONTAGIA NO AR
COMO FIO DE FINA PEROLA
E PEDAÇOS DE NÁCAR
VAMOS A CORREDEIRA DO RIO
A VIDA NOS ESPERA LÁ
SONHEMOS COM FRUTOS DE PURO SABOR
SE NÃO EXISTISSE O AMOR
SOBRARIA SOMENTE A DOR...

ANNA KARENINA

Um comentário: