sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Meus 60 anos



Eu temia chegar esse dia
Mas mesmo assim eu queria
Porque eu não sabia morrer
Eu nasci no dia do Fico
Quando D. Pedro o rei vacilou
Entre ficar aqui ou partir
Mas resolveu ficar e ficou
Sou das estrelas a luz rastejante
Dos mares as ondas oscilantes
Da madrugada coruja encantada
Do inverno a neve tão branca...
Do outono anciã hoje sou
Do verão fui sereia da praia
E da primavera coroa de flor
A beleza esvaiu- se no ar
A força acabando está
Mas da alma o que resta é amor


Anna Karenina

2 comentários:

  1. NIVÂNIA CARDOSO DA SILVA NEVES5 de agosto de 2010 21:19

    MEUS 60 ANOS

    EU QUERIA QUE CHEGASSE ESSE DIA...
    PORQUE EU SABIA QUE IRIA SOBREVIVER;
    CREIO EM DEUS, A TODO INSTANTE E É NOS MARES OSCILANTES;SIRVO A ELE SEMPRE CONSTANTE.
    DE MADRUGADA VEJO A REULVA ENCANTADA;
    DO VERÃO EU ESCUTO A CANÇÃO...
    DO OUTONO ME SIRVO COM ALIMENTAÇÃO;
    DO INVERNO,SINTO MUITO FRIO DENTRO DO MEU CORAÇÃO.
    DA PRIMAVERA RENOVA EM MIM A ALEGRIA DE NASCER A CADA MANHÃ...
    POIS A BELEZA ESVAIU-SE NO AR;
    A FORÇA SE RENOVANDO;
    MAS DA ALMA O QUE RESTA, É CONTINUAR AMANDO.

    COM TODO O MEU AMOR...
    NIVÂNIA CARDOSO DA SILVA NEVES.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a poesia.Era o que eu procurava.

    ResponderExcluir